terça-feira, 29 de março de 2011

Obrigada por hoje.

Ás vezes penso em como seria bom, pelo menos uma vez, ver-te ao sol a cheirar a cachimbo...
Ás vezes penso em ti.



A tua eterna neta,

Sem comentários:

Enviar um comentário